quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Entrevista com o Trio Malaquias


O aniversário da nossa querida Sampa está chegando e para celebrar essa data tão importante nada melhor do que apreciar um pouco da cultura nordestina, afinal, a nossa cidade tão amada tornou-se uma segunda casa para esse povo arretado. Então que tal festejar com o nosso bom e velho forró?
A festa na Fábrica de Cultura Capão Redondo será repleta de coisas boas como por exemplo: aula de Forró nível intermediário com o Professor Davi e nível avançado com as Professoras Fernanda e Iris. A Festa será animada pelo Trio Malaquias e nós do Forró da Quebadra preparamos uma breve entrevista para conhecermos melhor os meninos. Confere aí!

O trio Paulista com raízes nordestinas, é formado por Gleidson Santos (Gordinho) na zabumba; Jefferson Santana (JééH) no triângulo e voz; Alexandre Giaimo (Alê) no acordeom. Malaquias iniciou sua carreira em 2015 influenciados pela sonoridade de Dominguinhos, Marines, Jackson do Pandeiro, Luiz Gonzaga, Ary Lobo, dentre tantos outros artistas da cultura nordestina.

1º). Como surgiu o trio?
De tanto frequentar baladas e festas do segmento despertou em nós o desejo de FAZER o som ao invés de apenas ouvi-lo e de ser espectadores, então começamos uma busca pela identificação dos músicos com seus respectivos instrumentos até chegarmos a formação atual do Trio Malaquias.


  2º). Porque o Forró pé de serra? O pé de serra sempre foi influente e presente em nossas vidas, por sermos filhos de nordestinos, ouvíamos desde muito cedo nossas atuais referências musicais. Além de toda sonoridade contida no ritmo.

3º). Quais foram ou são as maiores influências para vocês? Dominguinhos, Marines, Jackson do Pandeiro, Luiz Gonzaga, Ary Lobo, Trio Nordestino, Os 3 do Nordeste, Forroçacana, dentre tantos outros.

4º). Neste tempo de caminhada qual a experiência mais 
gratificante que já tiveram? Foi ouvir e ver a galera cantar nossas músicas autorais e também as de trabalho, além de presenciar, recebemos de algumas casas de forró pelo Brasil vídeos mostrando nossa música sendo discotecada para o circuito de Forró Pé de Serra e sendo muito bem aceitação entre o público que aprecia a cultura nordestina.

5º). Qual o maior sonho ou desejo do Trio? Hoje o trio almeja viver única e exclusivamente de sua música, já que ainda, dependemos de trabalhos secundários.










Nenhum comentário:

Postar um comentário